Livres en espagnol
 
 

O rapaz que seguiu o pai para Auschwitz (Ebook)

  • Dronfield, Jeremy, (aut.)
  • (10/01/2019)
  • Langue: PortuguĂ©s
  • ISBN: EB9789897771989
  • Délai de livraison entre 20-25 jours,  * paiement par carte de crédit..
  • 12,99€ 12,34€ 
 
 

Formato: Epub DRM

«Há muitas histórias do Holocausto, mas não como esta. A história de Gustav e de Fritz Kleinmann, pai e filho, contém elementos de todas as outras, mas é muito diferente de qualquer outra.» Viena, anos de 1930. A família Kleinmann vive um dia-a-dia pacato e tranquilo. Gustav trabalha como estofador e Tini trata da casa e dos quatro filhos: Fritz, Edith, Herta e Kurt. Mas, com a anexação nazi da Áustria, a normalidade da vida dos Kleinmann dissipa-se abrupta e dramaticamente. Os vizinhos viram-se contra eles, o negócio de Gustav é-lhe retirado e a ameaça paira sobre toda a família de forma cada vez mais alarmante. Gustav (pai) e Fritz (filho) são dos primeiros judeus austríacos a ser presos. Destino: Buchenwald, na Alemanha. Assim começou uma inimaginável provação ? várias vezes torturados, quase mortos à fome e brutalmente forçados a construir o próprio campo de concentração em que estão detidos. Ao longo dos horrores que testemunharam e do sofrimento por que passaram, uma constante ajudou a mantê-los vivos: o amor entre pai e filho. Quando Gustav recebeu ordem de transferência para Auschwitz, uma sentença de morte certa, Fritz viu-se perante um dilema: deixar o pai morrer sozinho ou ir com ele... Baseado no diário secreto de Gustav e numa meticulosa pesquisa documental, este livro conta a sua história, e a de Fritz, pela primeira vez ? uma história única e absolutamente incrível de coragem, amor e sobrevivência face ao terror sem paralelo que foi o Holocausto. O Rapaz Que Seguiu o Pai para Auschwitz confronta-nos com o pior e o melhor da humanidade. E com o espantoso poder do afecto e do espírito humano.

Jeremy Dronfield es biógrafo, escritor, novelista e historiador. Tiene una dilatada experiencia relatando historias ambientadasen la Segunda Guerra Mundial, y su trabajo y estilo ha sido definido como «casi dickensiano» (Sunday Times)o «elegante y sensible» (The Times).


 
 

 

Rechercher: titre, auteur, ISBN...